CASO 4LAN|

O cenário de esportes eletrônicos, em especial o de League of Legends, municia crianças imaturas e irresponsáveis com dinheiro e poder social muito antes do que elas estão preparadas para lidar com isso. As organizações irresponsáveis acobertam erros de alguns culpados enquanto punem inocentes, uma completa reversão dos valores, pautados unicamente em cifras e acordos escrotos.

Essas atitudes refletem as vezes os valores não das organizações, mas de quem está responsável por elas, o que no final das contas é como se as próprias organizações apoiassem essas atitudes. Muito precisa ser revisto por quem tem o poder em mãos pois essa não é a primeira vez em que algo assim acontece e infelizmente não será a última.

Estejam cientes de que coisas muito mais graves acontecem no dia a dia desse cenário e as principais vítimas disso são as mulheres, ostracizadas pela grande massa, as poucas que conquistam seu espaço às duras penas, para então confrontarem assédio, abuso e até agressões de pessoas do alto escalão.

Poucas são as marcas e organizações que atuam de forma realmente comprometida para coibir isso, essas campanhas vazias que apenas repetem chavões ou o lançamento de equipamentos de cor rosa não são o suficiente. Essa indústria é doente e esse mal precisa ser extirpado.

Não sejam inocentes, 4LaN não foi o primeiro assediador desta cena, muitos outros estão aí fazendo parte do seu dia a dia, seja como proplayers, como youtubers ou streamers. Por qual motivo eles não foram presos ou não respondem por esses crimes (talvez vocês se perguntem novamente em sua inocência)?

O motivo é a atitude de vocês, a conivência de cada um com cada abuso que acontece, o deboche com cada vítima que reclama e é tachada de mentirosa, exagerada ou fingida. Sem apoio e sem suporte elas não terão coragem de enfrentar ícones de mídia, pessoas protegidas por empresas ou simplesmente desgraçados com grande poder de mobilidade midiática.

Se 1 em cada 100 denúncias é mentira, vocês preferem considerar que todas as outras 99 podem ser mentira, nunca dando espaço para as vítimas, nunca deixando que elas se expressem e jamais mostrando compaixão a elas. Cada um de vocês que primeiro aponta a possibilidade de ser mentira ao invés de prestar auxílio à vítima, cada um é culpado por isso acontecer.

Vocês estão entorpecidos em uma falsa lealdade a falsos ícones, colocando-os em pedestais mas virando suas faces quando eles cometem esses crimes, vocês preferem o ópio momentâneo de um meme a se tornarem responsáveis pelas suas atitudes e por quem vocês deixam famosos, replicando sua mensagem e divulgando por aí.

Acordem, pois o dia da retribuição está cada vez mais próximo e vocês não terão mais time, organização ou torcida que os apoie quando esse dia chegar.

4LAN, O ASSEDIADOR

Não foi falta de aviso. O raio que cai mais de uma vez no mesmo lugar não cai por acaso. Sempre saindo ileso a cada mancada aqui e alí, em várias cidades e estados diferentes. A sensação de invencibilidade era forte né?

Só que tudo tem um limite, parceiro, tudo tem sua hora e local. Se com uma você não deixou prova e com a outra teve testemunha a teu favor, isso tudo só contribuiu pra você ficar cada vez mais sem noção, achar que não tinha limites.

Agora a casa caiu, o que não faltam são testemunhas da tua escrotidão. E sabe aqueles raios que não te atingiram antes? Eles vão voltar, ainda mais fortes agora que aquelas que sentiam medo de te denunciar não vão mais ter medo, elas verão que não estão sozinhas e que o amparo e o apoio estão aí para todas elas.

Você traçou seu caminho, assinou sua sentença e agora vem a cobrança da família, nascemos para ficar, jamais morreremos pois somos o seu pior pesadelo. Somos o movimento!

Abaixo, estão os seus atos, que você seja julgado por eles:

#1 RELATO

Essa pessoa sofreu assédio de 4LaN em um de seus principais ambientes para isso, a Party of Legends, aproveitando da fraca segurança que existe nessas festividades e que normalmente são coniventes com atitudes condenáveis de pessoas “famosas”. A vítima mas prefere não se identificar, ainda com receio de represálias e pelo fato ter acontecido há bastante tempo.

“Foi em uma party of legends (provavelmente no ano passado, faz bastante tempo) na época o 4lan tinha acabado de "assumir" o namoro dele. Eu estava dançando na pista com as minhas amigas (que poderiam confirmar a história) e ele chegou por trás e começou a dançar MUITO colado com a gente, até que eu senti ele atrás de mim. Eu saí da rodinha porque me senti extremamente incomodada, e ele continuou por lá assediando as minas que estavam no meio e eu não vi mais nada.”

#2 RELATO

Se espera que um campeão de CBLOL tenha o mínimo de respeito humano pelos seus companheiros de equipe, no entanto isso não existe para Alanderson, o mesmo chegou a assediar a namorada de um integrante de seu time, dizendo a uma delas que “não a havia reconhecido de costas” e fazendo o “elogio” a ela dizendo que ela estava “mó gostosa”, complementando isso com o comentário que se não fosse o namorado dela, ele pegaria ela com certeza. A mulher em questão avisou ao namorado sobre o que aconteceu e a resposta que ela recebeu do namorado foi "Ah, o 4lan é assim mesmo, só ignora".

#3 RELATO

O respeito falta até mesmo quando dirigido a mulheres que não o interessam sexualmente, como foi o caso com a namorada de outro integrante do mesmo time. A mulher em questão era negra e sofria frequentemente racismo e bullying, sendo chamada de adjetivos racistas como “feijão” entre outros.

#4 RELATO

Com atitudes que já o enquadram como misógino, vendo mulheres apenas por função sexual, sendo racista com algumas, não é de se espantar que ele fosse também transfóbico com outras. No caso, falamos da jogadora de CS:GO da Black Dragons, Olga, que já foi vítima de comentários transfóbicos do ex-Golden Boy.

#5 RELATO

Relatos com pessoas temerosas em serem identificadas não faltam, como vemos a seguir:

“Sofri assédio verbal, eu me recusei a ficar com um amigo dele (ele estava na mechouse) e rolou uma discussão entre eu e o amigo dele. Depois que eu mandei um texto falando que era pro amigo dele me deixar em paz, ele me mandou um áudio me chamando de vagabunda, puta, falando pra eu "tomar cuidado". Fiquei sabendo pelo pessoal da mechouse que ele tirou o celular da mão do amigo simplesmente pra me ofender.”

#6 RELATO

O sexto relato já é um conhecido do público, a caso com a streamer Gabruxona, sem apoio, a mesma foi tachada de mentirosa, especialmente pelo fato de vários “amigos” virem em defesa de 4lan, com direito até mesmo do dono da Team One entrar na história alegando que foi apenas um “desentendimento entre ficantes”, usando os recursos financeiros e legais da organização para calar a vítima de assédio.

#7 RELATO

Nesse outro relato, a vítima também prefere não ser identificada, mas reporta o que aconteceu em uma das festas:

"Teve uma party fechada na BBL, onde só os 'influencers' foram chamados e tinha bastante gente conhecida, ele incluso. No final da festa eu estava dançando com a minha amiga e eu senti alguém APERTAR minha bunda. Não foi passada de mão, foi aperto mesmo. Quando eu virei pra trás vi o 4lan saindo, me olhando bem malicioso e indo embora. Depois de 5min eu recebi uma mensagem de um amigo dele pedindo pra eu ir sozinha pra casa deles."

#8 RELATO

A falta de noção do rapaz não tem limites, vindo até mesmo falar absurdos como esse:

#9 RELATO

Em mais um relato onde vítima também prefere não se identificar, também tendo acontecido em uma Party of Legends, a vítima deixou o seguinte relato:

"A gente tava numa roda de amigos e ele ja estava baforando loló há um tempo, aí ele me puxou pra me beijar e eu perguntei 'po vei, tu n ta namorando?' aí ele afastou falando 'eh vdd vdd valeu por lembrar' e um amigo dele levou ele pra longe pra conversar. eu nem queria beijar ele mas eu sabia q ele estava namorando na época"

YAYA

A pessoa que mais corre risco no momento é a namorada (ou ex) de 4LaN, yaya. A cronologia dos fatos mostra que por volta das 2:49 da manhã, 4LaN foi expulso da festa, após isso, ela saiu da festa e não aprovou a atitude do 4LaN, vindo a reclamar disso em seu twitter e falando sobre estar em um relacionamento abusivo. Em seguida, ela tweeta que foi expulsa de casa 1as 3:55 da manhã e, alguns minutos depois, todos os tweets desaparecem.

Um sociopata capaz de simular arrependimento e chorar, não por arrependimento de seus atos, mas sim por finalmente receber a justa retribuição pelos mesmos, pode muito bem ter forçado ela a ter apagados tais tweets. Lembrem-se que ela estava até pouco, longe de sua família, por ser de Brasília e isso agrava ainda mais a condição em que ela se encontrava de possível dependência e certamente coerção por parte dele, em fazer com que depusesse a seu favor.

SOBRE A ENTREVISTA

Em entrevista dada ao SPORTV, por telefone, para o jornalista Chandy, 4LaN abusa da presunção de inocência dada a qualquer pessoa, mentindo descaradamente tanto sobre fatos relacionados à festa onde cometeu o crime, quanto à sua conduta, tendo um mínimo de esperteza em tentar esconder alguns detalhes.

DROGAS

É sabido pelo cenário inteiro que 4LaN usa e abusa de drogas e álcool de maneira regular e em especial em festas, não seria diferente na festa onde ele assediou mais uma mulher. Ainda, várias pessoas presentes na ocasião sabem que ele estava sob efeito de drogas. Relatos especificam que ele estava sob efeito de álcool, teria usado "3 balas" e "1 doce". Infelizmente como não foi feita denúncia na mesma hora e não foi pedido exame toxicológico, mais uma vez esse agravante não poderá constar nos autos da justiça.

DEFESA

Outro ponto de destaque na entrevista é quando o jornalista pergunta a ele o motivo pelo qual ninguém saiu em defesa dele, 4LaN faz uma alegação até certo ponto válida, de que a maioria das pessoas desse cenário não se sujam pelas outras. Sim, isso é comum, especialmente quando a sensação de impunidade fica presente no ar, panos são passados e cabeças viram para "não ver nada", no entanto isso é apenas uma débil tentativa quase esquizofrênica de manipular a realidade. Digo quase, pois 4LaN é bem lúcido quanto a buscar sua defesa.

O real motivo pelo qual ninguém saiu em defesa do mesmo é o histórico de situações similares que já aconteceram, ele não apenas assedia namorada de jogadores, como de pessoas que frequentam esses círculos e tem a cara de pau de fazer isso até mesmo na frente de namorados, fazendo alegações de que a namorada de alguns “são gostosas” e que se eles (os namorados) não estivessem presentes, ele daria em cima delas.